PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL
Ano difícil, mas repleto de conquistas


ENTREVISTA
Peter Singer falou ao JC no VI Congresso Mundial de Bioética


ARTIGOS
Isac Jorge Filho e Elizabete Franco escrevem sobre Terapia Nutricional e Crianças com HIV


REPÚDIO
Unoeste: entidades médicas repudiam aumento de vagas


DIRETRIZES
Especialidades Médicas: 100 novas diretrizes


BALANÇO CREMESP
Retrospectiva 2002: realizações e objetivos alcançados


ATUALIZAÇÃO
Hamer Nastasy Palhares Alves escreve sobre o médico dependente químico


GERAL 1
Destaque para aprovação de Projeto que define o Ato Médico


CREMESP
Veja debate em plenária sobre o Programa de Saúde da Família


AGENDA
Confira os eventos que contaram com a participação do Cremesp


NOTAS
Destaque para a inauguração da nova sede do Setor de Planejamento em Saúde/UNIFESP


GERAL 2
Cartões de Desconto: confira resolução do CFM nº 1649/2002 sobre o assunto


MEMÓRIA
VII Congresso Brasileiro de História da Medicina


GALERIA DE FOTOS



Edição 184 - 12/2002

DIRETRIZES

Especialidades Médicas: 100 novas diretrizes


AMB e CFM lançam 100 novas diretrizes de especialidades médicas

No dia 4 de dezembro a Associação Médica Brasileira (AMB) e o Conselho Federal de Medicina (CFM) lançaram 100 novas diretrizes médicas, que reúnem informações com evidências científicas e padronizam condutas para auxiliar a tomada de decisão médica.

As diretrizes trazem orientação diagnóstica, terapêutica e preventiva sobre temas de maior importância e freqüência; identificam quais exames e procedimentos são mais indicados ou eficazes para cada caso; contemplam as opções existentes e reforçam a autonomia e o senso crítico do profissional. Também chamadas de protocolos, guidelines ou guias de conduta, as diretrizes se aperfeiçoaram graças ao Evidence-Based Medicine Working Group, dos Estados Unidos, que elaborou as bases científicas desses métodos. O grupo fez sua primeira publicação em 1992 usando a denominação “Medicina Baseada em Evidência”, iniciando a série User’s Guide to the Medical Literature.

Diferente do consenso – prática de orientação médica em que a maioria dos profissionais supostamente escolhe a conduta recomendada – a diretriz é algo que se gostaria que fosse seguido, porém, há maior preocupação com a autonomia do médico.

Isenção e relevância
As 100 diretrizes do CFM e da AMB são baseadas nas melhores evidências científicas e foram elaboradas pelos mais renomados especialistas brasileiros, isentas de qualquer patrocínio ou vínculo com indústrias farmacêuticas ou de equipamentos.

De acordo com a AMB “as recomendações democratizam e sistematizam o conhecimento das novas descobertas da Medicina, evitam a atualização por meios inadequados e, na ponta do sistema, fortalecem a relação entre médico e paciente”.

O Projeto Diretrizes é coordenado pelo doutor Fábio Biscegli Jatene, diretor científico da AMB, e por uma equipe de consultores formada pelos doutores Wanderley Marques Bernardo, Moacyr Roberto Cuce Nobre e José Eluf Neto.

Exemplos de diretrizes
Dentre as novas diretrizes, constam aquelas publicadas pelo Cremesp no manual: Usuários de Substâncias Psicoativas: abordagem, diagnóstico e tratamento, que trazem orientações para profissionais que tratam de usuários de cigarro, álcool e drogas.

Outra diretriz trata da prevenção do câncer de mama, elaborada pela Sociedade Brasileira de Mastologia. Os profissionais avaliaram diversos estudos clínicos e analisaram cientificamente a influência de fatores como amamentação, paridade, terapia de reposição hormonal e índice de massa corpórea.

Já as Sociedades Brasileiras de Cardiologia e de Nefrologia abordaram a hipertensão arterial e suas complicações - doenças cérebro-vascular, arterial coronariana, vascular de extremidades, insuficiência cardíaca e insuficiência renal crônica.

Tema de grande relevância para a saúde pública, a cirurgia cesariana, que representa 36% do total de partos no país, é apresentada em diretriz que enfatiza quando o procedimento é realmente imprescindível. O trabalho comprova cientificamente o risco aumentado de morbidade e mortalidade e as situações clínicas em que a cesariana vem sendo realizada desnecessariamente.

São publicadas, ainda, as diretrizes contendo o diagnóstico e o tratamento da asma brônquica, diversos tipos de neoplasias, queimaduras, infecção hospitalar, traumatismos, esclerose múltipla, imunizações, transplantes, dentre outras.

Parceria que deu certo
Em outubro de 2001, um convênio firmado entre as entidades médicas e o Ministério da Saúde deu início ao Projeto Diretrizes, que conta com a participação de técnicos da Associação Médica Brasileira, do Conselho Federal de Medicina e das Sociedades de Especialidade afiliadas à AMB. Os temas abordados nas diretrizes foram baseados na lista de prevalência de doenças do SUS e/ou indicados pelas Sociedades de Especialidades por representarem novas práticas que devem ser colocadas à disposição da população.

Todos os médicos brasileiros receberão as novas diretrizes, que também podem ser acessadas pela Internet, nos sites www.amb.org.br e www.cfm.org.br

As recomendações serão encaminhadas aos principais serviços e hospitais da rede pública e privada de saúde, ao Ministério da Saúde, às secretarias de Saúde, às operadoras de planos privados de saúde e também serão apresentadas nos congressos das especialidades médicas.

Durante o lançamento, o presidente da AMB, Eleuses Paiva, afirmou que “as diretrizes irão contribuir para a melhora da qualidade da assistência médica, além de proporcionar maior racionalidade e otimização dos recursos diagnósticos e terapêuticos disponíveis”.

Para Fábio Jatene, um dos coordenadores do projeto, “não se trata de dar a receita do bolo, pois as diretrizes abordam todos os métodos e evidências científicas disponíveis, enfatizando os prós e os contras de cada alternativa”.

Já Wanderley Marques Bernardo, um dos consultores do Projeto, lembrou que o trabalho envolveu cerca de 800 médicos de 50 sociedades de especialidades médicas. “Foi um trabalho difícil, pois envolveu a seleção de centenas de estudos sobre os temas, porém, foi realizado com dedicação e de forma voluntária”, disse.


DIRETRIZES E SOCIEDADES MÉDICAS RESPONSÁVEIS


COLÉGIO MÉDICO DE ACUPUNTURA
- Dor Miofascial
- Prevenção e Tratamento de Náusea e Vômitos

SOC. BRAS. DE ANGIOLOGIA E CIRURGIA VASCULAR
- Transtorno da Extremidade Inferior do Paciente Diabético
- Insuficiência Venosa Crônica

SOC. BRAS. DE ALERGIA E IMUNOPATOLOGIA
- Urticária
- Asma Brônquica
- Rinite Alérgica
- Alergias – Imunoterapia Específica
- Vacina Contra Tuberculose

SOC. BRAS. DE ANESTESIOLOGIA
- Hipertemia Maligna

SOC. BRAS. DE CANCEROLOGIA
- Carcinoma do Endométrio
- Carcinoma de Colo de Útero
- Câncer Colorretal
- Câncer de Mama

SOC. BRAS. DE CARDIOLOGIA
- Aterosclerose – Dislipidemia
- Cardiologia Nuclear
- Hipertensão Arterial – Abordagem Geral
- Hipertensão Arterial – Situações Especiais

SOC. BRAS. DE CIR. DE CABEÇA E PESCOÇO
- Câncer de Boca
- Câncer da Tireóide
- Câncer da Laringe

SOC. BRAS. DE CIRURGIA DIGESTIVA
- Câncer Colorretal

SOC. BRAS. DE CIRURGIA DA MÃO
- Fraturas de Escafóide
- Lesão Ligamentar do Carpo

SOC. BRAS. DE CIRURGIA PLÁSTICA
- Queimaduras

COLÉGIO BRAS. DE CIRURGIÕES
- Câncer Colorretal

SOC. BRAS. DE CITOPATOLOGIA
- Câncer Colorretal

SOC. BRAS. DE CLÍNICA MÉDICA
- Câncer Colorretal

SOC. BRAS. DE COLO-PROCTOLOGIA
- Câncer Colorretal

SOC. BRAS. DE DERMATOLOGIA
- Eczema de Contato
- Carcinoma Basocelular

SOC. BRAS. DE ENDOCRINOLOGIA E METABOLOGIA
- Hipertiroidismo
- Hipotiroidismo

SOC. BRAS DE GENÉTICA CLÍNICA
- Avaliação Genético-Clínica do RN
- Testes Preditivos
- Câncer Familial

SOC. BRAS. DE GERIATRIA E GERONTOLOGIA
- Quedas em Idosos

FED. BRAS. DAS SOC. DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA
- Carcinoma de Colo de Útero
- Carcinoma de Endométrio
- Climatério
- Assistência ao Trabalho de Parto
- Assistência Pré-Natal
- Dismenorréia
- Cesariana – Indicações
- Rotura Prematura de Membranas
- Descolamento Prematuro da Placenta
- Osteoporose Pós-Menopausa
- Síndrome dos Ovários Policísticos
- Hipertensão na Gravidez
- Papilomavírus – HPV
- Miomatose Uterina
- Dor Mamária
- Câncer de Mama
- Câncer de Mama – Prevenção Primária
- Câncer de Mama – Prevenção Secundária

SOC. BRAS. DE HEMATOLOGIA E HEMOTERAPIA
- Anemia Aplástica

SOC. BRAS. DE INFECTOLOGIA
- Infecção Hospitalar

SOC. BRAS. DE MASTOLOGIA
- Dor Mamária
- Câncer de Mama
- Câncer de Mama – Prevenção Primária
- Câncer de Mama – Prevenção Secundária

SOC. BRAS. DE MEDICINA DO ESPORTE
- Atividade Física e Saúde

SOC. BRAS. DE MEDICINA FÍSICA E REABILITAÇÃO
- Espasticidade
- Eletroneuromiografia e Potencial Evocado
- Lombalgias e Lombociatalgias

SOC. BRAS. DE NEFROLOGIA
- Insuficiência Renal Aguda
- Transplante Renal – Indicações e Contra-Indicações
- Transplante Renal – Doador e Receptor
- Transplante Renal – Manuseio do Doador e Receptor
- Transplante Renal – Complicações Cirúrgicas
- Transplante Renal – Complicações Não- Cirúrgicas
- Hipertensão Arterial – Abordagem Geral
- Hipertensão Arterial – Situações Especiais

SOC. BRAS. DE NEUROCIRURGIA
- Traumatismo Craniencefálico Leve
- Traumatismo Craniencefálico Moderado
- Traumatimo Craniencefálico Grave
- Traumatismo Craniencefálico Grave – Situações Especiais
- Lombalgias e Lombociatalgias

SOC. BRAS. DE NEUROFISIOLOGIA CLÍNICA
- Eletroneuromiografia em Neuropatias Periféricas
- Eletroneuromiografia e Potenciais Evocados
- Demência – Eletroencefalograma e Eletroencefalograma Quantitativo

ACADEMIA BRAS. DE NEUROLOGIA
- Acidente Vascular Cerebral
- Esclerose Múltipla

SOC. BRAS. DE ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA
- Lombalgias e Lombociatalgias

SOC. BRAS. DE OTORRINOLARINGOLOGIA
- Rinossinusite

SOC. BRAS. DE PATOLOGIA
- Câncer Colorretal
- Câncer de Mama

SOC. BRAS. DE PEDIATRIA
- Asma Brônquica
- Febre Reumática
Vacina:
- Sarampo
- Hepatite A
- Hepatite B
- Raiva Humana
- Tríplice DTP (Contra Difteria/Tétano/ Coqueluche)
- Tríplice DTP Acelular (Contra Difteria/Tétano/Coqueluche)
- Dupla DT ou DT (Contra Difteria e Tétano)
- Tuberculose
- Febre Amarela
- Varicela
- Influenza
- Pneumococo
- Poliomielite
- Hib
- Rubéola
- Caxumba
- Neisseria Meningitidis Sorogrupo C

SOC. BRAS. DE PNEUMOLOGIA E TISIOLOGIA
- Testes de Função Pulmonar
- Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica
- Pneumonias Adquiridas na Comunidade (Pac) em Adultos Imunocompetentes
- Asma Brônquica

ASSOCIAÇÃO BRAS. DE PSIQUIATRIA
- Transtornos da Ansiedade
- Tratamento da Depressão
- Abordagem Geral do Usuário de Substâncias com Potencial de Abuso
- Abuso e Dependência do Álcool
- Abuso e Dependência da Anfetamina
- Abuso e Dependência dos Benzodiazepínicos
- Abuso e Dependência da Cocaína
- Abuso e Dependência da Maconha
- Abuso e Dependência da Nicotina
- Abuso e Dependência dos Opiáceos
- Abuso e Dependência dos Solventes ou Inalantes

COLÉGIO BRASILEIRO DE RADIOLOGIA
- Lombalgias e Lombociatalgias


SOC. BRAS. DE REUMATOLOGIA
- Lombalgias e Lombociatalgias
- Osteoporose em Mulheres Pós-Menopausa

Todas as diretrizes estão disponíveis nos sites:
http://www.amb.org.br
http://www.cfm.org.br

Este conteúdo teve 74 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2020 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 353 usuários on-line - 74
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior