PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL (JC pág. 2)
Gripe A - "O comportamento dos médicos paulistas tem sido exemplar" - Henrique Carlos Gonçalves


ENTREVISTA (JC pág. 3)
Walter Manna Albertoni, reitor da Unifesp, avalia o ensino médico no país


ATIVIDADES 1 (JC pág. 4)
Público recorde acompanhou a 34ª edição do Fórum sobre Publicidade Médica


ATIVIDADES 2 (JC pág. 5)
Conselheira assume a secretaria executiva da Comissão Nacional de Residência Médica


GERAL 1 (JC pág. 6)
CVS e CVE orientam médicos e profissionais de saúde no atendimento a casos suspeitos de H1N1


ELEIÇÃO CFM (JC pág. 8)
Desiré Callegari e Renato Françoso representam nosso Estado no Conselho Federal


ÉTICA & JUSTIÇA (JC pág. 10)
O desagravo público do médico está normatizado pela Resolução CFM 1.899, de junho 2009


GERAL 2 (JC pág. 11)
Destaque para a história de vida do cirurgião geral paulista Sérgio Bonanno


GERAL 3 (JC pág. 12)
Sisrel: novo sistema de cobrança terá impacto positivo nos recursos do sistema público de saúde


CFM (JC pág. 13)
Espaço reservado para comentários dos conselheiros Clóvis Constantino e Isac Jorge


ALERTA ÉTICO (JC pág.14)
Aproveite as análises realizadas pelo Cremesp e previna falhas éticas causadas pela desinformação


GERAL 3 (JC pág. 15)
PESC: desde seu lançamento, a iniciativa já beneficiou várias comunidades, especialmente as carentes


ESPECIALIDADES (JC pág.16)
JC dá continuidade à série de matérias especiais sobre especialidades


GALERIA DE FOTOS



Edição 261 - 07/2009

ATIVIDADES 1 (JC pág. 4)

Público recorde acompanhou a 34ª edição do Fórum sobre Publicidade Médica


FÓRUM CODAME

Publicidade Médica é discutida em Campinas


Componentes da mesa: Silvia, Fernando, Denise, Lavínio e Marcelo durante o encontro

O Cremesp realizou o 34º Fórum Regulador de Publicidade Médica no dia 25 de junho, na  Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas (SMCC), registrando um público de quase cem pessoas.

A conselheira e presidente da SMCC, Denise Barbosa, que participou da abertura do encontro, afirmou: “A realização deste evento foi muito importante, pois nos permitiu elucidar dúvidas dos colegas sobre publicidade médica, tanto no aspecto ético quanto de normas do Conselho. Com isso, evitamos novas denúncias e possíveis sindicâncias”, afirmou a conselheira.

O evento contou também com palestra do conselheiro Lavínio Nilton Camarim e do médico Fernando Cordeiro, que citou as leis que enfocam a publicidade médica, tanto no Código de Defesa do Consumidor, como nas resoluções do Conselho Federal de Medicina e no Código de Ética Médica.

Cordeiro falou, por exemplo, do problema das fotos do tipo “antes e depois” de pacientes, da propaganda de tratamentos não comprovados cientificamente e de serviços médicos vendidos de forma sensacionalista. Ele também listou as consequências da publicidade médica irregular, como os processos de indenização por danos morais e materiais aliados ao de erro médico.

Ressaltou ainda as consequências deste tipo de publicidade, mostrando trabalho de resultado. Segundo Cordeiro, isso pode levar a Justiça a considerar jurisprudência para transformar a medicina como atividade de resultado e não de meio. 

Camarim, que também é coordenador da Codame (Comissão de Divulgação de Assuntos Médicos), falou sobre os fóruns que têm sido realizados em várias cidades de São Paulo, com o intuito de mostrar aos profissionais o que é legal e ético na publicidade médica.

Após as apresentações, também participaram de um debate com a platéia a diretora e conselheira do Cremesp, Silvia Helena Mateus, e o publicitário Marcelo Andrade.


Programa de Educação Médica em Avaré


Palestrantes e delegados durante evento na sede da Unimed

A Delegacia Regional do Cremesp de Botucatu realizou mais uma etapa do Programa Educação Médica Continuada (PEMC) na cidade de Avaré, com o módulo 58º, apresentado no dia 26 de junho.

O evento aconteceu na Unimed local e contou com as seguintes palestras: O processo ético profissional nos Conselhos Regionais de Medicina (José Carlos Christovan); Prevenção de conflitos médicos legais no exercício da Medicina (José Guilherme Minossi); Cuidados paliativos: histórico, indicações, situação atual (Soraya Vendites); e Tratamento da dor crônica (Guilherme Antonio Moreira de Barros).  

Estiveram presentes 31 médicos, que receberam certificado de participação.


Encontro em Piracicaba reúne médicos peritos

A Delegacia Regional do Cremesp de Piracicaba realizou o Encontro entre Médicos Peritos e Médicos Assistentes, Ortopedistas e Psiquiatras, no dia 25 de junho. O evento, que aconteceu na Associação Paulista de Medicina (APM) local, discutiu as condutas tomadas na relação entre os profissionais, objetivando o melhor atendimento aos pacientes.

Para o debate foram convidados João Baptista Laurito Júnior, psiquiatra e delegado superintendente adjunto da Delegacia de Campinas; Ivan Guidolin Veiga, ortopedista da Unicamp; e Lydia Helena Guimarães Gobatto e Guilherme Duarte Correa da Silva, da Comissão de Ética Médica da Previdência Social.

Foram discutidas questões como o grande número de afastamentos decorrentes de quadros de depressão, problemas de coluna e pacientes operados, além da sobrecarga dos médicos assistentes devido à quantidade de relatórios necessários para as perícias. "O conflito existente entre médico assistente, perito e paciente é um fato, mas o encontro criou uma situação de diálogo entre esses profissionais”, declarou Guaraci Borges de Andrade Junior, delegado superintendente da Delegacia de Piracicaba e coordenador do evento.

O conselheiro responsável pela região, Renato Françoso Filho, compareceu ao evento, que contou com a presença de 34 participantes.


Fórum Pró-SUS é realizado em Santo André


Edson, Alice, Curi, Eleuses, Amaral, Henrique Carlos, Delcides, Everaldo e Desiré

A implantação da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM); a regulamentação da Profissão do Médico e o Plano de Carreiras, Cargos e Vencimentos; além do salário mínimo profissional no Sistema Único de Saúde (SUS), foram os temas do Fórum Regional do Grande ABC Pró-SUS, realizado no dia 4 de julho pela Associação Paulista de Medicina (APM). O evento aconteceu no Hospital Estadual Mario Covas, em Santo André, e contou com total apoio do Cremesp.

Durante o fórum, o prefeito e também médico de Santo André, Aidam Ravin, se comprometeu a aumentar de R$ 2 mil para R$ 6 mil os salários mínimos dos médicos servidores municipais.

“Precisamos de um plano efetivo de cargos e salários para fidelizar os médicos no sistema público de saúde, no sentido de melhor atender à população e criar condições de trabalho para o bom desempenho da função”, afirmou Desiré Carlos Callegari, diretor do Departamento Jurídico do Cremesp e também diretor clínico do Hospital Mário Covas.

Participaram da mesa de abertura o presidente do Cremesp, Henrique Carlos Gonçalves, Callegari e delegados regionais do Conselho. Também estiveram presentes o deputado federal Eleuses Paiva (DEM/SP), representantes de diversas entidades médicas e dos municípios de São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra e Santo André, totalizando 123 participantes.




Este conteúdo teve 153 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2020 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 252 usuários on-line - 153
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior