PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL (JC pág. 2)
Para Bacheschi, no haverá sistema de saúde sem recursos suficientes e sem que os médicos sejam tratados com dignidade


ENTREVISTA (JC pág. 3)
Haino Burmester fala sobre a 2ª edição do Manual de Gestão Hospitalar, do qual foi organizador


ATIVIDADES 1 (JC pág. 4)
Encontro buscou maior alinhamento dos objetivos internos da instituição


ATIVIDADES 2 (JC pág. 5)
Exame Cremesp 2010: inscrições podem ser feitas presencialmente ou pela internet


ATIVIDADES 3 (JC pág. 5)
Alimentos transgênicos: segurança e consumo na visão de um especialista no assunto


ATIVIDADES 4 (JC pág. 7)
Encontros sobre Bioética Hospitalar reúnem público recorde na capital e no interior


XII ENEM (JC págs. 8 e 9)
Representantes médicos de todo o país unidos pela qualidade na saúde


ARTIGO (JC pág. 10)
A missão, função e compromissos dos médicos conselheiros


GERAL 1 (JC pág. 11)
A substituição do papel no preenchimento do prontuário médico


CFM (JC pág. 12)
Representantes do Estado no CFM se dirigem aos médicos e à sociedade


GERAL 2 (JC pág. 13)
Acompanhe a participação do Cremesp em eventos importantes para a classe


ALERTA ÉTICO (JC pág. 14)
Análises do Cremesp ajudam a prevenir falhas éticas causadas pela desinformação


GALERIA DE FOTOS



Edição 272 - 07/2010

ATIVIDADES 1 (JC pág. 4)

Encontro buscou maior alinhamento dos objetivos internos da instituição


Planejamento estratégico discute visão e missão do Cremesp

Com base em metodologias participativas, foram criados grupos de trabalho, com participação de conselheiros, diretores, gerentes e chefias


Reunião de conselheiros, diretores e gerentes: alinhamento de ações estratégicas

A arte de adequar as forças e fraquezas de uma organização com as ameaças e oportunidades do ambiente externo é a base do que se denomina planejamento estratégico. Com essa premissa, conselheiros, diretores, gerentes e chefias do Cremesp se reuniram, nos dias 18 e 19 de junho, para buscar maior alinhamento entre suas ações estratégicas e os próprios objetivos estabelecidos internamente. “Temos a convicção de que o grau de compromisso de todos com os resultados tende a ser bem superior quando os rumos são discutidos e construídos de forma participativa”, argumentou o 1º secretário, Mauro Aranha.

Grupos de trabalho
Com base em metodologias participativas, foram criados quatro grupos, com participação equilibrada de conselheiros, diretores, gerentes e chefias, que discutiram a visão (onde se pretende chegar) e a missão (qual a razão de ser) do Cremesp.

Cada grupo analisou ameaças e oportunidades do ambiente externo, nos quatro fatores que mais impactam o Conselho: população médica, formação médica, relações institucionais e sociedade. Essa primeira fase contou com a participação predominante dos conselheiros e diretores, que têm maior conhecimento dos assuntos ligados ao ambiente externo.

A análise das forças e fraquezas relativas à liderança e planejamento, atendimento ao médico, pessoas jurídicas e sociedade, processos internos e sistemas de informação e gestão de pessoas foram debatidos no segundo dia do encontro.

Como resultado final, foram esboçados alguns objetivos para a organização, que serão consolidados em nova reunião, nos dias 13 e 14 de agosto, dessa vez também com a presença dos delegados do Interior.

Conselheira lança livro sobre Prática Médica


Maria do Patrocínio autografa sua obra, entre colegas e convidados

Em seu mais novo livro, Clínica Médica - Grandes Temas na Prática, Maria do Patrocínio Tenório Nunes, conselheira do Cremesp e secretária-executiva da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), aborda os principais temas da clínica médica, que podem ser consultados de forma simples e direta.

A apresentação da publicação, realizada no Instituto Central do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, no dia 30 de junho, contou com a presença do presidente do Cremesp, Luiz Alberto Bacheschi; do vice-presidente Renato Azevedo Junior; do 1º secretário da Casa,  Mauro Gomes Aranha de Lima; do presidente do Sindicato dos Médicos de São Paulo, Cid Célio Carvalhaes, e de Milton Arruda, professor titular de Clínica Médica da instituição, entre outras personalidades.

De acordo com Maria do Patrocínio, a obra, prefaciada pela conselheira Ieda Therezinha Verreschi, apresenta algumas particularidades. Os capítulos redigidos com base nos grandes temas gerais da clínica médica, a partir de casos clínicos, foram concebidos para que os médicos possam consultar facilmente a abordagem inicial de alguns sintomas clínicos frequentes. As informações foram sistematizadas por meio de tabelas e fluxogramas para agilizar a visualização e o acesso dos colegas aos dados.

A autora ressaltou a importante participação de um grupo de jovens médicos na preparação e edição dos capítulos, sob a supervisão de especialistas, nos respectivos temas abordados.

Direcionada a médicos que atuam no atendimento primário e secundário de pacientes, acadêmicos e residentes, a obra recebeu elogios pela qualidade do conteúdo e pela iniciativa na formatação diferenciada dos capítulos e temas.

Novo Código é debatido em encontros com médicos


Conselheiro Vila explica mudanças no CEM 

O Conselho tem intensificado os esforços para o esclarecimento de dúvidas dos profissionais da área da saúde a respeito das alterações do novo Código de Ética Medica (CEM), que entrou em vigor no dia 13 de abril, promovendo diversos encontros com médicos. Os eventos são realizados nos hospitais da capital e no interior do Estado para facilitar o acesso dos profissionais às palestras.

Segundo o vice-presidente da Casa, Renato Azevedo Júnior, os encontros, a partir do próximo semestre, terão foco diferente. “As palestras nos hospitais paulistanos devem continuar, mas com temas variados ligados às condições de trabalho, principalmente, dos profissionais que atuam no Sistema Único de Saúde (SUS)”, afirma.

No mês de junho, os encontros foram realizados no Hospital Pérola Byington (1); maternidade Pro Matre Paulista (8); Hospital Ipiranga, Hospital Municipal Arthur Ribeiro Saboya (9); Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo, Universidade Nove de Julho (Uninove) (10); Pariquera-Açu (11); Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp), Hospital Brigadeiro, Hospital Metropolitano (16); Osasco, no Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estatual (Iamspe) (23); Pindamonhangaba, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-Fmusp) (24); e Mococa (30).



Este conteúdo teve 85 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2020 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 218 usuários on-line - 85
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior