PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL (pág. 2)
Renato Azevedo Júnior - Presidente do Cremesp


ENTREVISTA (pág. 3)
Renato Azevedo Júnior


CADASTRO DOS MÉDICOS (pág. 4)
CNES deve ser atualizado periodicamente pelo empregador


MOVIMENTO MÉDICO (pág. 5)
SDE impede que médicos lutem por seus direitos frente a operadoras de saúde


ATIVIDADES (pág. 6)
Seminário SUS – Financiamento e Gestão


PESQUISA (pág. 7)
Pesquisa Datafolha mostra relação positiva dos médicos com a Casa


POSSE (págs. 8 e 9)
Diretoria apresenta as prioridades para os próximos 15 meses


ÁREAS REMOTAS (pág.10)
A atuação de profissionais em áreas de difícil acesso


VIOLÊNCIA INFANTIL(pág. 11)
Portaria nº 104 obriga a notificação de maus tratos, suspeitos ou confirmados


COLUNA DO CFM (pág. 12)
Canal de comunicação dos representantes de São Paulo no CFM


ENSINO MÉDICO (pág. 13)
A regulamentação de novos cursos de Medicina


LEGISLAÇÃO(pág. 14)
Resolução Normativa ANS nº 124


ÉTICA E BIOÉTICA(pág. 15)
Questões recorrentes ainda permanecem suspensas


SIMPÓSIO (pág. 16)
Maior segurança para o profissional que utiliza o ambiente virtual


GALERIA DE FOTOS



Edição 281 - 05/2011

ENSINO MÉDICO (pág. 13)

A regulamentação de novos cursos de Medicina


CRMs fazem manifesto contra liberação de novas escolas


Representantes dos CRMs: novas escolas não resolvem escassez de médicos em áreas remotas

Os presidentes dos Conselhos Regionais de Medicina, reunidos pelo CFM no dia 5 de maio, na sede do Cremesp, aprovaram manifesto contra a abertura de novas escolas médicas no país.

De acordo com o vice-presidente do Cremesp, Mauro Aranha, que representou o presidente Renato Azevedo no evento, a rede conselhal pactua da ideia de que a criação de faculdades de medicina não resolve o problema da escassez e fixação de médicos em áreas remotas. E que é necessário a formatação de políticas públicas de incentivo à interiorização desses profissionais.

Alerta
Abertura indiscriminada de escolas médicas põe em risco saúde da população

O Conselho Federal de Medicina (CFM), em defesa do bom exercício do trabalho médico e da qualidade da assistência, manifesta seu repúdio à abertura indiscriminada de novos cursos de Medicina, pelos motivos a seguir:

1) Há 347 mil médicos no Brasil, com a previsão de formar 16 mil novos profissionais a cada ano. Contudo, a concentração de 72% desse contingente no Sul e Sudeste configura grave problema em decorrência da falta de políticas públicas para a interiorização da Medicina e da assistência.
2) A média nacional é de um médico por 578 habitantes. Contudo, em Roraima, o índice é de um médico por 10.306 habitantes. A criação de uma carreira de Estado para o médico é a saída para corrigir estas distorções, com oferta de honorários dignos e perspectivas de progressão funcional.
3) É preciso mais: o governo deve assegurar mais recursos para o SUS e qualificar a gestão do sistema público, garantindo-lhe infra¬estrutura adequada ao seu funcionamento.
4) A abertura de novos cursos de Medicina não resolverá o caos da desassistência, ao contrário do que defendem alguns. A duplicação do número de escolas médicas – entre 2000 e 2010 – não solucionou a má distribuição dos médicos, mantendo a desassistência, inclusive nos grandes centros urbanos.
5) Neste período, foram criadas 80 escolas. Boa parte delas não tem condições de funcionamento. Elas não têm instalações adequadas, contam com ambulatórios e hospitais precários (ou inexis¬tentes) e não oferecem conteúdo pedagógico qualificado.
6) O Ministério da Educação, ao não cobrar a obediência às regras que autorizam o funcionamento das escolas, colabora com a abertura de cursos de forma indiscriminada e com a formação de médicos despreparados para atender a população.
7) Convidamos o Governo, o parlamento e a sociedade para um debate descontaminado de paixões, já que o valor da saúde do povo brasileiro é muito maior do que explicações simplistas.

Agenda da presidência

Cremerj empossa nova diretoria
O Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj) deu posse à sua nova diretoria no clube Monte Líbano, na capital fluminense, em 2 de abril. A médica Márcia Rosa de Araujo foi eleita presidente da entidade, tendo Vera Lucia Mota da Fonseca e Érika Monteiro Reis como 1ª e 2ª vice-presidentes. O Cremesp foi representado por seu presidente, Renato Azevedo.
 
No discurso de posse, Márcia lembrou que o momento econômico que o país vive é propício ao fortalecimento da luta em prol das reivindicações da categoria, entre as quais melhores salários e condições adequadas de trabalho na rede pública, maior remuneração na saúde suplementar, concurso público nos três níveis de gestão, regulamentação da Emenda Constitucional 29 e aprovação do projeto de lei que determina reajustes anuais e contra¬tualização para os médicos que atendem convênios.


Outros eventos
Além das atividades internas do Conselho, Renato Azevedo, como presidente do Cremesp, também participou de:

- Reunião dos presidentes dos Conselhos Regionais de Medicina, em Brasília, em 12 de abril;
- Cerimônia de posse do novo diretor do Instituto Adolfo Lutz, Alberto José da Silva Duarte, na Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, em 4 de abril;
- Mesa de abertura da solenidade de posse da nova diretoria da Academia de Medicina de São Paulo, realizada na Câmara Municipal de São Paulo, em 8 de abril;
- Cerimônia de inauguração do novo prédio do complexo hospitalar do Hospital Samaritano de São Paulo, na sede da instituição, em 26 de abril.

Cursos e Eventos

Dor Aguda e Crônica
Cindor – 5º Congresso Interdisciplinar de Dor da USP, de 16 a 18 de junho. Organização: Grupo de Dor da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Local: Centro de Convenções Rebouças – São Paulo (SP). Informações: (11) 3044-1339 e 3849-0099 ou cindor@congressocindor.com.br 

Queimaduras
VII Jornada Brasileira de Queimaduras, de 16 a 18 de junho. Evento paralelo: I Jornada Brasileira de Terapia Intensiva em Queimaduras. Organização: Sociedade Brasileira de Queimaduras (SBQ) e Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB). Local: Náutico Praia Hotel & Convention Center – Porto Seguro (BA).  Informações: tel. (11) 5098-1111.

Cardiologia
XXXII Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo, de 23 a 25 de junho. Realização: Socesp. Local: Transamérica Expo Center – São Paulo (SP). Informações: tel. (11) 3179-0068/0049.

Neurologia
VIII Congresso Paulista de Neurologia, de 23 a 25 de junho. Realização: Departamento de Neurologia da Associação Paulista de Medicina, Associação Paulista de Neurologia e Academia Brasileira de Neurologia. Local: Hotel Sofitel Jequitimar Guarujá (SP). Informações: tel. (11) 3188-4281.



Este conteúdo teve 84 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2020 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 227 usuários on-line - 84
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior