PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL (pág. 2)
Renato Azevedo Júnior - Presidente do Cremesp


ENTREVISTA (pág. 3)
Ricardo Meirelles, membro da SBEM


MOVIMENTO MÉDICO (pág. 4)
Hospital do Mandaqui


GESTÃO 2008-2013 (pág. 5)
Posse da 4ª diretoria do Cremesp


PEMC (pág. 6)
Atualização profissional


INTERNET(pág.7)
Revalidação de diplomas estrangeiros


PESQUISA (pág. 8)
Planos de saúde


PLANOS DE SAÚDE (pág. 9)
Mobilização dos médicos paulistas


ENSINO MÉDICO 1 (pág. 10)
Inscrições abertas


ENSINO MÉDICO 2 (pág. 11)
Formação acadêmica


COLUNA CFM (pág. 12)
Artigos dos representantes do Estado de São Paulo no Conselho Federal de Medicina


AGENDA DA PRESIDÊNCIA (pág. 13)
XVII Congresso Paulista de Obstetrícia e Ginecologia


BIOÉTICA (pág. 15)
Comissões de Ética Médica


GALERIA DE FOTOS



Edição 296 - 09/2012

ENSINO MÉDICO 1 (pág. 10)

Inscrições abertas


Exame do Cremesp: inscrições até 11/10, pela internet ou nas delegacias regionais


Avaliação destina-se a formandos em 2012


Prova será no dia 11 de novembro, em dez cidades paulistas

As inscrições para o Exame do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) estão abertas até o dia 11 de outubro pela internet (www.concursosfcc. com.br) e nas Delegacias Regionais até o dia 5 de outubro  (ver unidades no site www.cremesp.com.br). A avaliação de graduados em Medicina passou a ser obrigatória a partir deste ano e será realizada no dia 11 de novembro.

A prova objetiva contará com 120 questões de múltipla escolha e o candidato terá até cinco horas para realizá-la. Se apenas assinar a prova, não receberá o comprovante de participação. O Exame do Cremesp 2012 acontecerá nas cidades de São Paulo, Botucatu, Campinas, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São Carlos, São José do Rio Preto e Taubaté.

Podem se inscrever todos os alunos do sexto ano de Medicina que estejam cursando faculdades reconhecidas pelo MEC com o envio de  declaração da faculdade de Medicina, que comprova que o aluno cursa o sexto ano (ou cópia do diploma reconhecido pelo MEC), por fax (11) 3723-4325, ou e-mail (doccremesp@fcc.org.br), até o dia 11/10/2012.


Participação obrigatória
De acordo com a Resolução Cremesp nº 239, de 25/07/12, para obter o registro profissional, os egressos dos cursos de Medicina precisam apresentar uma declaração de realização do Exame. O registro não será condicionado ao resultado, mas à participação do graduando na prova. A não realização do Exame do Cremesp 2012 impede a liberação do número de CRM e, consequentemente, impossibilita o exercício da profissão no Estado de São Paulo.

A iniciativa da obrigatoriedade foi tomada em decorrência da queda acentuada na qualidade do ensino médico. Resultados das sete edições facultativas do Exame, realizadas de 2005 a 2011, mostraram que dos 4.821 graduandos prestes a se iniciar no mercado de trabalho, 46,7% foram reprovados na avaliação.


Dúvidas sobre o Exame
- A avaliação destina-se exclusivamente aos formandos em 2012 que já solicitaram (a partir de 26/07/2012) ou vierem a solicitar registro primário em São Paulo, independente do Estado de sua formação;
- Os médicos que solicitarem registro no Cremesp após a data do Exame, e estiverem se formando em 2012, independente da data de liberação de seu diploma, estão obrigados a realizá-lo;
- O formando que não se apresentar para a realização do Exame deverá protocolar junto ao Cremesp, a partir do dia 12 de novembro de 2012, justificativa por escrito, identificada, assinada e acompanhada de cópias de documentos que possam embasar o pedido. A solicitação será submetida à análise da Comissão Organizadora e Diretoria do Cremesp. Somente após deliberação favorável da justificativa, o formando poderá ingressar com seu pedido de registro no Cremesp;
- O egresso de escolas médicas de outros Estados, sem inscrição em CRM, poderá requerer inscrição no Cremesp. Porém, deverá participar da prova subsequente à sua inscrição, caso contrário, terá o cancelamento de seu registro;
- O recebimento de solicitações de registro primário no Cremesp estará suspenso no período de 12 a 23 de novembro, em razão da atualização dos controles referente aos médicos participantes do Exame;
- Os médicos que já possuem inscrição em outros Conselhos Regionais e solicitarem a secundária ou transferência definitiva para o Cremesp estão dispensados do Exame do Cremesp, assim como aqueles que já têm inscrição ou pedido de inscrição em andamento junto ao Conselho.
Mais informações podem ser obtidas no site da Fundação Carlos Chagas, que coordena a aplicação do Exame do Cremesp, pelo link http://www.concursosfcc. com.br/concursos/crmsp112/index.html



Cresce apoio de entidades ao Exame

O Cremesp tem recebido várias manifestações de apoio de entidades, escolas e sociedades médicas, e da população em geral sobre a realização do exame de avaliação de egressos de escolas de Medicina. Várias têm sido também as mensagens parabenizando o Conselho pela iniciativa pioneira no país.

Manifestaram-se em defesa do Exame do Cremesp a Associação Médica Brasileira, Associação Paulista de Medicina, Ordem dos Advogados do Brasil (nacional e seções São Paulo e Rio), Associação de Obstetrícia e Ginecologia de São Paulo (Sogesp) e Sociedade de Pediatria de São Paulo.

As entidades médicas reiteram a preocupação com a qualidade da formação dos médicos, especialmente diante da abertura de novas escolas sem infraestrutura adequada. E que o Exame também servirá como ferramenta para mensurar a formação, permitindo que seus resultados se tornem subsídios para a tomada de decisões com relação ao ensino médico no país.



Governo pretende ampliar número de vagas em Medicina

O Brasil conta com 196 cursos de Medicina em funcionamento neste ano, volume só comparável ao da Índia, que tem população seis vezes maior. Entre os cursos que já formaram alunos, são 16.876 vagas por ano, 58,7% oferecidas por instituições privadas e 41,3% por escolas públicas. Pelo estudo Demografia Médica no Brasil, realizado pelo Cremesp, 77 novos cursos foram abertos de 2000 a 2011, sendo 52 deles por entidades privadas. Em São Paulo, existem 36 cursos de Medicina. Destes, 28 já formam médicos, somando 2.461 vagas por ano.

O governo federal anunciou a intenção de abrir outras 2,5 mil vagas de Medicina no Brasil, como forma de reduzir uma suposta carência de médicos no país. O Cremesp e CFM demonstraram, no estudo Demografia Médica no Brasil, que a falta de profissionais se deve à má distribuição dos profissionais entre regiões, e também entre os sistemas público e privado, desigualdades que não serão resolvidas com mais vagas e novos cursos.


Este conteúdo teve 95 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2020 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 386 usuários on-line - 95
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior