PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL (pág. 2)
Bráulio Luna Filho, presidente do Cremesp


ENTREVISTA (pág. 3)
Álvaro Nagib Atallah


INSTITUIÇÕES DE SAÚDE (pág. 4)
Hospital Estadual Pérola Byington


FORMAÇÃO MÉDICA (pág. 5)
Medicina para o paciente


EXAME DO CREMESP (pág. 6)
11ª Edição


ENSINO MÉDICO (Pág. 7 a 9)
Escolas de Medicina


EPIDEMIA (pág. 10)
Aedes aegypti


AGENDA DA PRESIDÊNCIA (pág. 11)
Parceria Cremesp


EU, MÉDICO (pág. 12)
Paulo Sérgio Brasil Júnior


VIOLÊNCIA (pág. 13)
Campanha conjunta


CONVOCAÇÕES (pág. 14)
Informações úteis ao profissional de Medicina


BIOÉTICA (pág. 15)
Ernesto Lippman*


GALERIA DE FOTOS



Edição 328 - 08/2015

FORMAÇÃO MÉDICA (pág. 5)

Medicina para o paciente


Cremesp cria centro de avaliação de ensino médico


Centro desenvolverá metodologias de avaliação da formação em Medicina e promoverá educação continuada


A necessidade de dispor de um instrumento de acompanhamento dos estudantes egressos dos cursos de Medicina pautou a decisão do Cremesp de criar o Centro de Avaliação Permanente do Ensino Médico (Capem), por meio da Resolução nº 277, homologada na 4676ª Sessão Plenária realizada em 28/07/2015.

De acordo com o presidente do Cremesp, Bráulio Luna Filho, “essa iniciativa visa assegurar o adequado exercício da Medicina em benefício do paciente, algo que depende fundamentalmente da boa formação médica no curso de graduação”.

O Capem será composto por conselheiros e funcionários do Cremesp e membros convidados de escolas de Medicina do Estado de São Paulo. A ideia é desenvolver metodologias de avaliação do ensino no âmbito da graduação médica; promover encontros, workshops e painéis sobre a importância da avaliação da qualidade dos cursos e da formação dos alunos de medicina; firmar convênios e termos de cooperação com outras entidades, nos termos da Lei 8.666/93; auxiliar na coordenação de cursos de educação médica continuada aos egressos da graduação médica e médicos recém-formados; além de engendrar esforços junto aos Poderes Públicos para que o Exame do Cremesp possa ser transformado em Lei Federal, nos moldes do exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).
 

Site voltado à formação médica

Preocupado com a formação médica, o Conselho criará um site voltado para cursos, palestras e demais treinamentos em várias especialidades. A ação terá a colaboração dos hospitais Einstein e Sírio-Libanês para a formatação dos conteúdos e geração de palestras.

“A ideia é acompanhar o desempenho dos médicos que não passaram no Exame do Cremesp, auxiliando-os nas áreas em que mais demonstraram deficiência de conhecimentos”, afirma Luna Filho. O Cremesp solicitará relatório dos locais onde esses profissionais atuam, procurando saber se estão realizando alguma especialidade ou Residência Médica.



CRMs

Fórum Nacional do Ensino Médico discutirá Exame do Cremesp
 

O presidente do CFM, Carlos Vital, afirmou que o Exame do Cremesp será discutido durante o 6º Fórum Nacional do Ensino Médico, a ser realizado nos dias 27 e 28 de agosto, em Brasília (DF). A prova, realizada há dez anos pelo Conselho paulista, e o Sistema de Acreditação de Escolas Médicas (Saeme), do CFM, foram tema, entre outros assuntos, da reunião entre os presidentes, diretores e conselheiros dos Conselhos Regionais e Federal de Medicina, no dia 5 de agosto, na sede do Cremesp.

Os conselheiros comentaram que o ensino médico vive uma situação crítica no País com a frequente abertura de novos cursos de Medicina sem critérios. Para Vital, a má formação médica no Brasil requer ações das entidades. O CFM e Associação Brasileira de Educação Médica (Abem) buscam implementar o Sistema de Acreditação de Escolas Médicas (Saeme) para identificar cursos de Medicina que estão atentos às exigências mínimas para a formação dos futuros profissionais. Já o Conselho paulista defende uma avaliação do recém-formado, em nível nacional, para a concessão de registro profissional – nos moldes do Exame do Cremesp, que já vem sendo aplicado há mais de uma década, mas que, por falta de lei, não pode ter seus resultados condicionados à concessão do registro. Vital declarou que o Saeme e o Exame do Cremesp “são independentes e não se contrapõem”.

Bráulio Luna Filho, presidente do Cremesp, lembrou que, em São Paulo, as entidades e instituições são favoráveis à avaliação de recém-formados em Medicina, assim como a sociedade em geral.



Famema suspende inscrição para Residência Médica


Famema: instituição alega crise financeira

 

A Comissão de Residência Médica da Faculdade de Medicina de Marília (Famema) suspendeu as inscrições para a Residência Médica, desde 25 de junho, enquanto a atividade é vistoriada. A determinação acontece em decorrência da crise financeira da instituição, que provocou suspensão de alguns atendimentos e cirurgias eletivas.

Em carta enviada à Comissão, o Diretório Acadêmico Cristiano Altenfelder admite a crise, mas destaca o funcionamento correto de vários setores e departamentos. Os estudantes defendem as medidas de controle e reestruturação nos serviços deficitários e pedem reconhecimento às atividades que seguem normais.

Em nota oficial, a Famema declarou que a instituição sofreu redução de 25% no custeio assisten­cial, o que teria comprometido o atendimento à população e o funcionamento normal da instituição. E, para que fosse garantida a qualidade do atendimento público, temporariamente, a faculdade adotou medidas de urgência, como a reestruturação no atendimento de consultas e cirurgias eletivas, mantendo ênfase nos serviços de urgência e emer­gência de alta complexidade, referência da instituição.


Polícia Federal investiga irregularidades

A Polícia Federal (PF), junto ao Ministério Público Federal, investiga a Famema e a Fundação de Apoio à Faculdade de Medicina de Marília (Famar) pelo descumprimento da Lei de Licitações e pelos crimes de peculato e formação de quadrilha. A PF entendeu que existem indícios de direcionamento de licitações, pagamentos exacerbados de plantões a médicos e fraudes em contratos de locação de imóveis. E ainda, segundo a PF, a Famar teria contratado clínicas particulares, com dinheiro público, para prestar serviços médicos públicos, que deveriam ser fornecidos pelo hospital da Famema.

 


Este conteúdo teve 572 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 8h às 20h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2020 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 217 usuários on-line - 572
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior