PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL (pág. 2)
Bráulio Luna Filho, presidente do Cremesp


ENTREVISTA (pág. 3)
Álvaro Nagib Atallah


INSTITUIÇÕES DE SAÚDE (pág. 4)
Hospital Estadual Pérola Byington


FORMAÇÃO MÉDICA (pág. 5)
Medicina para o paciente


EXAME DO CREMESP (pág. 6)
11ª Edição


ENSINO MÉDICO (Pág. 7 a 9)
Escolas de Medicina


EPIDEMIA (pág. 10)
Aedes aegypti


AGENDA DA PRESIDÊNCIA (pág. 11)
Parceria Cremesp


EU, MÉDICO (pág. 12)
Paulo Sérgio Brasil Júnior


VIOLÊNCIA (pág. 13)
Campanha conjunta


CONVOCAÇÕES (pág. 14)
Informações úteis ao profissional de Medicina


BIOÉTICA (pág. 15)
Ernesto Lippman*


GALERIA DE FOTOS



Edição 328 - 08/2015

VIOLÊNCIA (pág. 13)

Campanha conjunta


Cremesp e Coren unem esforços para combater violência
contra profissionais

 


Conselho quer ouvir o médico sobre casos de agressão, garantindo o sigilo de informações.
Envie seu comentário para
editoria
@cremesp.org.br

 

O grande número de casos de agressões físicas e verbais a médicos e enfermeiros tem sido destaque na imprensa. Atentos à questão, o Cremesp e o Conselho Regional de Enfermagem (Coren-SP) se uniram e farão campanhas de comunicação em comum neste segundo semestre do ano, além de tentar encontrar soluções para o problema.

O Cremesp já lançou a cam­panha Violência contra médicos. Em seu site, o Conselho dedica um espaço para que o profissio­nal relate casos de agressão, garantindo sigilo de informações, além de divulgar a campanha no Jornal do Cremesp e revista Ser Médico. O profissional po­de encaminhar seu relato pa­ra o email editoria@cremesp.org.br, com a garantia de sigilo sobre as informações enviadas.  Nos meses de junho e julho, o Cremesp recebeu mais de 60 relatos, principalmente envolvendo agressões físicas.
 

Conscientização

O Coren-SP adotou o Projeto Obrigado, para cons­cientizar a população e demonstrar a importância dos profissionais de enfermagem. Fabíola de Campos Braga Mattozinho, presidente da entidade, afirma que “inicialmente o Coren-SP fez uma pesquisa, procurando entender quais eram as prioridades de auxiliares, técnicos e enfermeiros em seu ambiente de trabalho. Descobrimos também que muitos deles gostariam apenas de receber um agradecimento após cuidar dos pacientes. Queriam ser reconhecidos por suas tarefas e mostrar o quanto elas são importantes”, diz.

Uma pesquisa feita pelo Instituto Fiocruz relata que 70% dos enfermeiros se sentem inseguros no ambiente de trabalho, por isso a campanha também visa colocar a população ao lado dos profissionais de saúde.

Ela informa que muitos profissionais elogiaram o Coren-SP, relatando que a rotina deles no trabalho mudou. Uma quantidade significativa de pessoas agradeceu por serviços prestados, fazendo com que se sentissem mais importantes e valorizados.


Consulta

Quem é o responsável pela gestante no plantão?

Em serviços de maternidade com profissionais de plantão de disponibilidade, de quem é a responsabilidade pelo atendimento das parturientes: do socorrista, da enfermeira obstetriz ou do obstetra de plantão?
 

O atendimento a mulheres gestantes deve idealmente ser realizado pelo médico obstetra. Mas, muitas vezes, esse profissional não compõe habitualmente as equipes de atendimento de urgência (Resolução CFM nº 1.451, de 10/03/15). Nessa questão específica, há o médico plantonista presencial no pronto-socorro, uma maternidade com enfermeiras obstetrizes e um obstetra em plantão de disponibilidade, para atendimento às intercorrências obstétricas não passíveis de resolução pelas enfermeiras.

Se houver uma paciente com sintomas e sinais não relacionados ao estado gestacional, o atendimento deve ser prestado pelo médico plantonista presencial, no pronto-socorro. Já a paciente com sintomas e sinais relacionados à gestação, após a tomada dos sinais vitais, é melhor que seja encaminhada para avaliação de um médico obstetra, que deverá ser chamado pelo socorrista.

A Portaria do Ministério da Saúde nº 2.048/2002 e a Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nº 36/2008 estabelecem que nas Unidades Hospitalares Gerais de Atendimetno às Urgências e Emergências do Tipo II, que possuem maternidade, a presença diuturna do médico obstetra é obrigatória.

(Baseado no parecer do conselheiro Krikor Boyaciyan e do membro da Câmara Técnica de Ginecologia e Obstetrícia Nelson da Cruz Santos, aprovado em reunião da Câmara de Consultas de 5 de março de 2015 e homologado  na 4.671ª reunião plenária, realizada em 30 de junho deste ano).


Cadastro

 

Site do Cremesp publica fotos de todos os médicos inscritos


Obrigatoriedade de publicação da imagem do médico,
fundamentada em lei federal, evita eventuais falsificações

 

A imprensa noticiou, recentemente, casos de falsos médicos que se utilizam de credenciais de profissionais regularmente inscritos no Cremesp. Buscando evitar falsificações, desde o dia 6 de julho, o Conselho vem divulgando as fotos de todos os médicos inscritos em São Paulo em seu portal (www.cremesp.org.br). O nome e foto do médico são publicados na área Encontre o médico (no canto superior direito da home do site), juntamente com as informações relativas às especialidades e áreas de atuação registradas pelo profissional. Com a ação, o Cremesp contribui para que todos possam ter acesso legítimo às informações daqueles que se prestam a cuidar da preservação da saúde.

Não é necessária a autorização prévia do médico para a publicação da foto, já que a obrigatoriedade é prevista na Lei Federal 12.527/2011 (Lei da Transparência) e segue orientação do Conselho Federal de Medicina (CFM).

Caso não visualize sua foto, envie mensagem solicitando a regularização para o email: fotomedico@cremesp.org.br

 

 


Este conteúdo teve 99 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2020 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 171 usuários on-line - 99
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior