PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

ELEIÇÕES 1
Saiba como votar na eleição do Cremesp 2003


ELEIÇÕES 2
Informe-se sobre os locais para votação


ELEIÇÕES 3
Chapa 01: CRM para os Médicos


ELEIÇÕES 4
Chapa 02: NovoCRM


ELEIÇÕES 5
Chapa 03: Dignidade e União


ELEIÇÕES 6
Chapa 04: Unidade Médica


ELEIÇÕES 7
Chapa 05: CRM - Um novo tempo


ELEIÇÕES 8
Chapa 06: A Dignidade veste Branco


ELEIÇÕES 9
Chapa 07: Acerte na Sete


ELEIÇÕES 10
Chapa 08: Ética e Justiça


GALERIA DE FOTOS



Edição 191 - 07/2003

ELEIÇÕES 7

Chapa 05: CRM - Um novo tempo


Chapa 05 – CRM: um Novo Tempo

Nos últimos anos o CRM deixou de ser um conselho que representa a classe médica para se tornar apenas um local de cobrança e punição. As anuidades, hoje em dia, servem apenas para sustentar uma burocracia que só beneficia os conselheiros e não resulta em retorno para os médicos.
Quem já precisou do conselho percebeu que os médicos são tratados como números, sem o respeito que merecem. E quem já sofreu um processo disciplinar percebeu a forma inquisitorial com a qual alguns conselheiros tratam seus colegas.
Além disso, a atual gestão do CRM não deu a merecida atenção a alguns dos principais problemas enfrentados pelos médicos, como a questão dos honorários, as condições de trabalho e a falta de reciclagem profissional.
Por discordamos desse quadro resolvemos lançar uma chapa propositiva ao conselho, com o objetivo de iniciar um novo tempo no CRM. Veja a seguir nossas principais propostas:

Acolhimento
Os médicos hoje são tratados de maneira fria e burocrática pelo CRM. Não pode ser assim: o conselho precisa ser transformado na Casa do Médico, um lugar acolhedor onde o profissional encontra amigos, troca idéias, resolve problemas e encontra apoio. Para colocar isso em prática, vamos criar espaços de convivência, colocar profissionais para darem assistência e suporte ao médico, treinar os funcionários para atenderem as demandas dos médicos de modo mais eficiente, além de criar um atendimento diferenciado e privativo para os médicos, com a disponibilização de telefones, fax e Internet.

Honorários médicos
A desvalorização dos honorários médicos é um dos maiores problemas enfrentados pelos profissionais nos últimos anos. O CRM pode e deve intervir nessa questão, de modo a exigir que sejam fixados honorários justos. Há diversas possibilidades de atuação do conselho em relação a esse tema: o CRM tem, por exemplo, o poder de editar resoluções que obriguem ao pagamento de melhor remuneração. Além disso, em nossa gestão, o conselho vai firmar convênios com o Ministério Público e propor ações judiciais para discutir os honorários.

Condições de trabalho
A falta de condições adequadas de trabalho é outro grave problema enfrentado pelos médicos. A equipe técnica de fiscalização do conselho é competente para diagnosticar os problemas, mas falta uma atuação firme da atual gestão para buscar a adequação das condições de trabalho. Em nossa gestão, o CRM vai pressionar, inclusive com a propositura de ações judiciais, os gestores dos serviços de saúde, a Vigilância Sanitária e o Ministério Público para que sejam corrigidas as irregularidades constatadas.

Registro de ocorrências
Vamos criar no conselho um sistema de registro de ocorrências, pela internet e pelo telefone, para substituir os boletins de ocorrência de preservação de direitos freqüentemente registrados em delegacias de polícia. A presunção de legitimidade dos atos do CRM permite que os BOs sejam substituídos por um registro no conselho. Com isso, evitaremos que os médicos deixem os plantões e percam tempo em filas de delegacia. Além disso, esse sistema vai acionar o Departamento de Fiscalização, que tomará ações imediatas nos casos mais graves.

Valorização dos médicos
O profissional médico já não tem hoje o mesmo reconhecimento social que tinha há décadas. Isso é resultado da ausência de uma política de valorização da profissão, que está diretamente ligada às questões dos honorários e das condições de trabalho. Em nossa gestão, o CRM vai assumir o papel de representante da classe médica, como faz a OAB. Vamos defender os médicos e buscar a valorização da classe. Além de desburocratizar os processos de desagravo, que permitem que o CRM defenda publicamente os médicos acusados injustamente pela imprensa ou por qualquer pessoa.

Investimento em formação
São freqüentes as situações em que os médicos não têm condições de fazer cursos de reciclagem e atualização profissional. Com o objetivo de tentar amenizar esse problema, vamos promover simpósios gratuitos em todas as regiões do Estado e negociar com os principais empregadores para que os médicos sejam dispensados durante as atividades de reciclagem.

Ato médico
Há um projeto de lei tramitando no Congresso que vai disciplinar o ato médico. Como não existe uma lei sobre o ato profissional médico, outras profissões exercem atividades que deveriam ser exclusivas do médico. Recentemente, o Conselho Regional de Enfermagem aprovou uma resolução que permite que enfermeiros diagnostiquem e tratem pacientes sem acompanhamento. Vamos lutar pela aprovação dessa lei, sensibilizando parlamentares e mobilizando a sociedade para pressionar o Congresso.

Contatos
Tel.: (11) 6866-2242
Site: http://www.chapa5crm.com.br

José Roberto Cardoso Murisset - 40132
Célio Levyman - 39313
Luz Marina Gonçalves de Araújo - 54133
Manoel Antônio C. de Azevedo - 15577
Fábio Salerno - 22000
Joel Rocha de Mello - 37721
Cláudio Massagi Soezima - 50330
Rafael Cortez Neto - 22871
Roger Nahoum - 28268
Washington Biz - 44261
Alfio Seitti Watanabe - 22845
Leonídio Galvão dos Santos - 27162
Jonathan Antonio Mancini - 62342
José Eduardo Decico - 87371
José Roberto Portante - 44689
Constantino Kader Conde - 58894
Antônio José Lorenzin - 38631
Delrio Façanha da Silva - 33774
Adilson Leão Lobato - 18744
José Carlos dos Santos - 34378
Rachel Fernandes Barry - 105532
Luís Carlos Mendes de Brito (Tigues) - 72916
Mário Poerner Dias Fernandes - 9558
Santino Nunes Lacanna - 51079
Eduardo Ogassavara - 22441
Sidney Fernandes Rebello - 11772
Elisabete Onaga - 34172
Rubens Yoshiaki Matsuo - 23747
Antonio Fidelis Guil - 57313
Assunta Conegaglio Homem Marques - 30819
Agnaldo Miranda - 86984
Tufik Charade - 97808
Miguel Peixes Caldas - 20931
Arthur de Campos Pereira e Silva - 16600
Valdir Monteiro Pinto - 45078
Maria Auxiliadora Rossi - 48452
Nicanor Fernandes Barry Filho - 23128
Marcelo Furlan Rossetto - 91369
Ariane de Castro Coelho - 67945
Marcus Vinícius Xavier Veloso – 61239


Este conteúdo teve 379 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2020 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 186 usuários on-line - 379
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior