PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL
Editorial de Desiré Callegari: Velhos problemas, novas esperanças


ENTREVISTA
Convidado especialíssimo desta edição: o redator médico Júlio Abramczyk


ATIVIDADES DO CREMESP 1
Programe-se p/o I Congresso de Bioética de Ribeirão Preto, entre 26 e 28/10


ATIVIDADES DO CREMESP 2
Em estudo, nova sede do Cremesp para driblar a falta de espaço


GERAL 1
As mudanças no currículo da Residência Médica propostas pelo MEC


EXAME
Nova avaliação experimental do ensino médico: 1ª etapa, 15/10; 2ª etapa, 05/11


ESPECIAL
Fórum sobre Terminalidade de Vida: a conduta médica voltada p/o paciente terminal


TRABALHO
Vale a pena ser pessoa jurídica e arcar com impostos e problemas na administração do negócio?


GERAL 2
Criado fórum multiprofissional p/acompanhar ações da Agência Nacional de Saúde


HISTÓRIA
Os 50 anos de história do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto


AGENDA
Destaques: a vista do superintendente do Iamspe e a Semana Acadêmica em Pouso Alegre (MG)


TOME NOTA
Alerta Ético: o que fazer quando o paciente omite ou mente?


NOTAS
Destaque p/o debate sobre a reforma do modelo de assistência em Saúde Mental


GALERIA DE FOTOS



Edição 228 - 08/2006

ATIVIDADES DO CREMESP 2

Em estudo, nova sede do Cremesp para driblar a falta de espaço



Aumento de atividades exige nova sede para o Cremesp

Conselho estuda alternativas para a falta de espaço

O aumento ininterrupto das atividades do Cremesp nos últimos anos está provocando problemas em relação ao espaço na sede central e na sub-sede na Vila Mariana, ambas na Capital. Apesar dos seis mil metros quadrados disponíveis nos dois edifícios, algumas seções enfrentam problemas agudos de espaço, mesmo com as readequações periódicas, gerando custos, pondera o diretor de Comunicação, Antonio Pereira Filho.

Quando foi criado, em 1956, o Cremesp ocupava apenas um andar do prédio da Associação Paulista de Medicina, na avenida Brigadeiro Luiz Antonio, e, posteriormente, ocupou dois andares. Um ano depois de sua criação, o número de médicos registrados era de 6.140, mas em 1970 esse número havia aumentado para 13.684. Em 1982, já com 36.266 cadastros de médicos, o Conselho adquiriu sua primeira sede própria, na Vila Mariana, hoje sua sub-sede (foto abaixo).

O número de profissionais e o trabalho continuaram a crescer e, dez anos depois, o prédio da Vila Mariana estava pequeno para as necessidades do Cremesp, que conta hoje com 89.938 médicos e cerca de 1.800 empresas inscritas. Comprou-se, então, o prédio que abriga sua sede central, à rua da Consolação, que na época parecia grande demais e atualmente, 13 anos depois, está pequeno.

Pereira lembrou que o aumento do número de médicos e empresas registradas provocou também o crescimento do número de denúncias e processos disciplinares (veja dados abaixo).

Crescimento
Desde sua criação até hoje, o Conselho aumentou paulatinamente o leque de suas atribuições. Criou o Departamento de Fiscalização em 1993, que conta com 15 médicos fiscais; as 28 câmaras técnicas; a Assessoria de Comunicação, responsável atualmente pela edição de um jornal, revista, sites e publicações avulsas; Biblioteca; Centro de Bioética, serviço Cartão DSV Médico; Departamento de Consultas Éticas; auditórios para eventos – como o Programa de Educação Continuada; a Seção de Delegacias, responsável por quatro delegacias regionais na Capital e 28 no Interior do Estado; entre inúmeras outras atividades.

Além de seu trabalho judicante, administrativo e de prestação de serviços, a inserção do Cremesp na sociedade acentuou-se, principalmente nos últimos 13 anos. A entidade tem promovido e participado de inúmeros eventos, comissões e reuniões de trabalho sobre os mais variados temas que tenham relação direta ou indireta com a ética médica.

Para estudar alternativas às atuais sedes, o Cremesp criou uma comissão formada pelo presidente, Desiré Callegari, e pelos diretores Marli Soares, Nacime Salomão Mansur e Antonio Pereira Filho.

Ano - Sede do Cremesp - Nº de médicos no Estado - Nº de denúncias/ano

1957 - Prédio da APM   -   6.140  -  0
1970 - Prédio da APM   -  13.684 .- 2
1982 - Sede de Vila Mariana    -  36.266   -  171
1993 - Sede Consolação   -  62.444  - 1.088
2006  -  Sedes Consolação e Vila Mariana  - 89.938  -  3.852


Educação Continuada
Novo módulo terá Bioética e Ética Médica

Legislação médica e política de saúde serão os próximos temas de 2006

Em setembro próximo, o Programa de Educação Continuada do Cremesp terá mais um módulo na cidade de São Paulo, quando serão abordados temas de Bioética e Ética Médica. O curso será ministrado nos dias 29 e 30 de setembro, no auditório do Conselho, e a programação completa pode ser obtida no site do Conselho, informou o conselheiro José Henrique de Andrade Vila, coordenador do Programa de Educação Continuada na Capital. As atividades deste módulo serão coordenadas pelo conselheiro Reinaldo Ayer de Oliveira e pelo Centro de Bioética do Cremesp, cujo responsável é o médico Gabriel Oselka.

O programa terá continuidade no final de outubro, com a realização do 11º Módulo, com o tema Aspectos Legais da Prática Médica, sob a coordenação de Henrique Carlos Gonçalves, diretor primeiro-secretário do Conselho. “Trata-se de um tema de grande importância para o médico durante seu exercício profissional”, ressaltou Andrade Vila, acrescentando: “agendaremos ainda neste ano um módulo sobre Gestão e Política em Saúde e, encerrando o ano, Perícias Médicas, que tem sido um tema muito requisitado por colegas que atuam nesta área”.

Módulo 10º - Bioética e Ética Médica

29/09/2006 
20h às 22h - mesa-redonda
22h às 22h30 - debates

30/09/2006 
8h30 às 10h30 - mesa-redonda
10h30 às 11h - debates

Inscrições: tel. (11) 3017-9345, no site http://www.cremesp.org.br/?siteAcao=AreaMedico , ou pelo e-mail: eventos@cremesp.org.br
Vagas limitadas
Local: Auditório da Sede do Cremesp – rua da Consolação, 753
Estacionamento gratuito com vagas limitadas    


Publicidade médica
Próximos Fóruns: Ribeirão Preto, Campinas, Piracicaba e Botucatu

Após o evento de Bauru, dia 24 de agosto, as cidades de Ribeirão Preto (14/09), Campinas (27/09), Piracicaba (05/10) e Botucatu (19/10) são as próximas a receber os Fóruns Regulamentadores de Publicidade Médica realizados pelo Cremesp. A iniciativa parte da preocupação do Conselho com o crescimento do número de denúncias que envolvem a publicidade médica irregular.

De 2000 a 2005 responderam processos e foram julgados 137 médicos, devido à propaganda médica irregular. Destes, 29 foram absolvidos. Os demais receberam penalidades que variaram de advertências confidenciais até a cassação do exercício profissional.

O I Fórum sobre Publicidade Médica foi realizado no final de 2005, na capital paulista. No interior, Presidente Prudente, Santos, São José do Rio Preto, Marília, Sorocaba e Bauru já sediaram o evento, como parte do objetivo do Cremesp de descentralizar suas ações, levando suas atividades para todo o Estado.

Informações: codame@cremesp.org.br ou pelo tel. (011) 3017-9300.


Este conteúdo teve 65 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2020 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 233 usuários on-line - 65
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior