PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

EDITORIAL
Desiré Callegari: balanço de sua gestão demonstra dedicação e competência (JC impresso pág. 2)


HOMENAGEM
Arlindo Chinaglia é homenageado pela aprovação da CBHPM (JC impresso pág. 3)


ATIVIDADES DO CREMESP 1
Programa de Educação Continuada: grande sucesso, na capital e no interior (JC impresso pág. 4)


ATIVIDADES DO CREMESP 2
Avaliação e qualidade de ensino: em discussão as escolas médicas do país (JC impresso pág. 5)


ATIVIDADES DO CREMESP 3
Codame: palestras sobre publicidade médica têm público recorde (JC impresso pág. 6)


ATIVIDADES DO CREMESP 4
Novidades nas delegacias do interior e na sub-sede da Vila Mariana (JC impresso pág. 7)


ATIVIDADES DO CREMESP 5
Oficializada a criação da Federação das Entidades Médicas do Estado (JC impresso pág. 8)


ATIVIDADES DO CREMESP 6
CRM e INSS: parceria beneficia médicos e sociedade (JC impresso pág. 9)


ESPECIAL
Nada mudou após nove anos da Lei dos Planos de Saúde?!? (JC impresso págs. 10 e 11)


BALANÇO 1
Dinamismo e conquistas marcaram a gestão de Desiré Callegari (JC impresso pág. 12)


BALANÇO 2
CBHPM ou Rol de Procedimentos: agora só depende do Senado... (JC impresso pág. 13)


BALANÇO 3
Encontros das entidades médicas: ações focam objetivos comuns em benefício da classe (JC impresso pág. 14)


BALANÇO 4
Fóruns regulamentadores e programas Alerta Médico via web foram destaques (JC impresso pág. 15)


BALANÇO 5
Simpósios, congressos, lançamentos de publicações: foram muitos os eventos nos últimos 15 meses (JC impresso pág. 16)


BALANÇO 6
Jornal, revista, portais: comunicação espelha intensa atividade do Conselho (JC impresso pág. 17)


ALERTA ÉTICO
Alerta Ético: esclareça suas dúvidas sobre Aids e Sigilo (JC impresso pág. 18)


GERAL
Iamspe: negociações podem resultar na recuperação dos cargos desonerados (JC impresso pág. 19)


GALERIA DE FOTOS



Edição 238 - 06/2007

ATIVIDADES DO CREMESP 5

Oficializada a criação da Federação das Entidades Médicas do Estado (JC impresso pág. 8)


FENMESP

Criada oficialmente a Federação das Entidades
Médicas de São Paulo


Assinatura do estatuto, que  consolida união entre o Conselho, o Simesp, a APM e a Academia de Medicina de São Paulo,  fortalece a categoria médica

A união faz a força. Partindo desse princípio elementar para o sucesso no mundo das  grandes corporações, os presidentes do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), Desiré Callegari; do Sindicato dos Médicos do Estado de São Paulo (Simesp), Cid Carvalhaes; da Associação Paulista de Medicina (APM), Jorge Curi; e da Academia de Medicina de São Paulo, Guido Palomba, assinaram, no último dia 26, em solenidade especial durante Plenária do Conselho, o Estatuto Social e o Regimento Interno da Federação das Entidades Médicas do Estado de São Paulo (Fenmesp).

De acordo com o documento, a nova entidade tem como principais finalidades: “servir como foro de debate sobre a medicina no âmbito do Estado; elaborar, articular e implementar políticas médicas próprias ou ligadas à assistência médica da população em geral; servir como órgão consultivo das entidades médicas do Estado de São Paulo, emitindo pareceres opinativos, quando requerida; emitir notas conjuntas sobre temas médicos em geral; propor medidas judiciais de forma coletiva, em resguardo da medicina e dos que a exerçam legalmente; promover a medicina por todos os meios a seu alcance”.

A criação da Fenmesp, segundo o presidente do Cremesp, é um passo político importante em prol da Medicina. “Estamos cumprindo uma promessa feita na campanha para eleição dessa gestão e realizando um ato de coesão”, lembrou Callegari. Ele agradeceu “a sensibilidade dos presidentes das entidades médicas do Estado de São Paulo pela formalização da Federação”.

Na opinião do presidente do Simesp, Cid Carvalhaes, a solidez da união entre as instituições vai se traduzir em muitas conquistas para os médicos. “Não vamos medir esforços para que as entidades sejam convergentes”, afirmou.
Além de cumprimentar os presidentes das outras entidades médicas pela formalização da Fenmesp, o presidente da Academia de Medicina de São Paulo, Guido Palomba, disse que “sem união é impossível vencer os desafios da medicina do século 21”.

Para o presidente da APM, Jorge Curi, “é um privilégio participar da criação da federação e de todos os projetos de convergência das entidades”. Ele acredita que mesmo que haja idéias diferentes, elas servem para enriquecer o debate. “Sinto-me gratificado em ver o crescimento desse projeto, que certamente trará bons frutos para todos os médicos”, concluiu.

Conselho e Câmara Municipal
de São Paulo firmam parceria


Ao lado do vereador Natalini, Callegari assina termo do convênio 

O Cremesp e a mesa diretora da Câmara Municipal de São Paulo firmaram um Termo de Cooperação, no dia 26 de junho, consolidando um protocolo de intenções, cuja discussão teve início em 2006. O objetivo é desenvolver um trabalho conjunto entre a Comissão de Saúde, Promoção Social e Trabalho da Câmara Municipal de São Paulo e o Conselho, para facilitar a implementação de políticas públicas mais abrangentes e eficazes na área da saúde.

Pelo acordo, os vereadores poderão solicitar pareceres do Cremesp para orientar e subsidiar a Comissão de Saúde e o Plenário da Câmara Municipal, no que se refere às questões de políticas de saúde e aos serviços médicos prestados nas instituições públicas. “Credito esse acordo à diretoria do Cremesp, particularmente à pessoa do seu presidente, que nos procurou, e à boa vontade da mesa diretora da Câmara em acolher a proposta e encaminhá-la para os trâmites legais necessários”, revelou o médico e vereador Gilberto Natalini (PSDB), responsável pela gestão do projeto de parceria.

Por sua vez, Callegari ressaltou a importância do acordo no item que  possibilitará às Câmaras Técnicas do Conselho subsidiar projetos de lei municipal, que tenham como objetivo regulamentar matérias que envolvam a área médica. “No que se refere a questões éticas, sempre que solicitados, poderemos emitir pareceres que visem ao aperfeiçoamento do atendimento à saúde”, completou o presidente do Cremesp.

O acordo prevê também a participação dos vereadores em atividades relacionadas ao Conselho, em especial em assuntos relacionados às condições do exercício profissional da medicina na esfera pública e privada. Outro ponto importante do protocolo é o compromisso assumido pela Câmara de comunicar ao Cremesp – sempre que tomar conhecimento – práticas médicas irregulares no sistema público municipal de saúde.

O convênio estabelece ainda parceria na realização de palestras, cursos e seminários, visando ao aperfeiçoamento e à reciclagem profissional dos médicos que atuam nas instituições públicas de saúde.  Além disso, contempla a permuta de informações relevantes e de material bibliográfico sobre temas médicos e de saúde pública.

“Esse protocolo é a abertura de uma porta para um convênio institucional maior, pois paralelamente a ele, elaborei um Projeto de Resolução (nº 003/2007), que vai transformá-lo em resolução interna da Câmara, ou seja, vai possibilitar que essa cooperação se torne perene”, explicou o vereador Natalini. 

Também participaram do encontro na Câmara o diretor primeiro-secretário do Cremesp, Henrique Carlos Gonçalves, e os conselheiros André Scatigno Neto, Krikor  Boyaciyan e Ruy Tanigawa.


Câmara de Marília também assina termo


Alfredo Dell'Aringa (à esq.), Desiré Callegari, Eduardo Nascimento (presidente da Câmara) e vereador Valter Cavina, na assinatura do termo de cooperação

A melhoria do exercício da Medicina e a promoção da saúde pública são objetivos que levaram o Cremesp e a Câmara Municipail de Marília a firmarem, em 29 de junho, um termo de cooperação. Assinaram o documento, no órgão legislativo de Marília, o presidente do Cremesp, Desiré Callegari, e o presidente da câmara de vereadores, Eduardo Nascimento. Também estiveram presentes à solenidade o vereador, Valter Cavina, e o conselheiro responsável pela Delegacia de Marília, Alfredo Rafael Dell’Aringa.  Entre outras ações, o termo prevê a realização conjunta de palestras, cursos e seminários, acerca da atuação médica e da saúde pública no município. O Cremesp também prestará orientação e apoio técnico visando à apuração de fatos decorrentes da má prática médica no atendimento à população.






Este conteúdo teve 76 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2020 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 276 usuários on-line - 76
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior