Busca
Classificação de assuntos:

Pesquisa por palavra-chave:


Últimas Notícias
  • 18-09-2018
    Conscientização
    Conselhos de Medicina, Enfermagem e Farmácia se unem para lançar campanha de combate à violência
  • 17-09-2018
    Brasília
    As inscrições para o 4º fórum de Pediatria do CFM estão abertas
  • 14-09-2018
    Ensino Médico
    Segunda edição da APEM aconteceu no dia 12 de setembro
  • 14-09-2018
    Educação
    Hipertensão será tema de PEMC online e presencial nos dias 21 e 22 de setembro
  • Notícias


    09-03-2018

    Jovens médicos

    Resultado do Exame do Cremesp 2017 é apresentado às escolas de Medicina

    O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) apresentou, nesta sexta-feira (09/03), às escolas médicas paulistas os resultados do Exame do Cremesp 2017. Representantes de mais de 30 cursos de medicina do Estado de São Paulo receberam um relatório confidencial dos alunos de sua instituição, além dos dados dos últimos cinco anos do Exame (confira o relatório completo aqui). 

    “Para o Cremesp, é uma grande satisfação que tantas escolas médicas tenham enviado representantes. Isso demonstra o compromisso das instituições em melhorar continuamente a qualidade do ensino”, afirmou o presidente do Cremesp, Lavínio Nilton Camarim.

    Resultados do Exame do Cremesp 2017 apontaram que mais da metade dos recém-formados em escolas médicas do Estado de São Paulo foi aprovada na avaliação. De um total de 2.636 egressos de cursos de Medicina que participaram do Exame, em 2017, 64,6% – ou 1.702 – acertaram mais de 60% das 120 questões da prova, porcentagem que o Cremesp considera mínima para a aprovação. Os outros 35,4% - ou 934 participantes - acertaram menos de 60% das questões.

    Em comparação ao Exame de 2016, houve melhora no desempenho dos novos médicos. O índice de aprovação deste ano foi 21% maior do que os 43,6% registrados em 2016. 

    Durante o encontro, Bráulio Luna Filho, 1º secretário do Cremesp e coordenador do Exame, ressaltou que esse foi o melhor resultado dos 13 anos em que a prova é aplicada. “Acredito que essa melhora no desempenho se deva ao trabalho das faculdades, ao comprometimento em preparar melhor os alunos e às discussões das escolas e do Conselho ao longo dos anos”, disse.

    Já Reinaldo Ayer de Oliveira, conselheiro do Cremesp, destacou que o objetivo da prova é garantir a qualidade do ensino médico, por isso, os resultados de cada instituição são sigilosos. “A prova não tem como finalidade a competição entre as faculdades. O propósito é atestar que os egressos tiveram uma boa formação e estão aptos para atender a população”, afirmou.

    Estiveram também presentes à reunião Aizenaque Grimaldi de Carvalho, vice-corregedor do Conselho; Eurípedes Balsanufo Carvalho, conselheiro do Cremesp; e Isac Jorge Filho, ex-presidente do Cremesp.

    Enviaram representantes as seguintes escolas médicas: Centro Universitário Barão de Mauá (CBM); Centro Universitário de Adamantina (Unifai); Centro Universitário de Votuporanga (Unifev); Centro Universitário Lusíada (Unilus); Centro Universitário Municipal de Franca (Uni-FACEF); Centro Universitário Padre Albino (Unifipa); Centro Universitário São Camilo; Faculdade de Ciências da Saúde de Barretos (Facisb); Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo; Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP); Faculdade de Medicina de Assis (Fema); Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ); Faculdade de Medicina de Marília (Famema); Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Faceres); Faculdade de Medicina do ABC (FMABC); Faculdade São Leopoldo Mandic (SLMandic); Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP); União das Faculdades dos Grandes Lagos (Unilago); Universidade Anhembi Morumbi; Universidade Brasil – Faculdade de Dracena; Universidade Cidade de São Paulo (Unicid); Universidade de Araraquara (Uniara); Universidade de Franca (Unifran); Universidade de Mogi das Cruzes (UMC); Universidade de Ribeirão Preto (Unaerp); Universidade de Santo Amaro (Unisa); Universidade do Oeste Paulista (Unoeste Presidente Prudente); Universidade Estadual Paulista (Unesp); Universidade Federal de São Paulo (Unifesp); e Universidade São Francisco (USF).

     

    Simulado e Apem 2018

    No ano de 2017, o Cremesp organizou, pela primeira vez, um simulado para o Exame do Cremesp. Entre os alunos que prestaram a prova, o número de aprovados no Exame do Cremesp foi 13% maior do que entre os alunos que não fizeram o simulado. Por isso, a prova para teste dos conhecimentos antes do Exame será disponibilizada novamente em 2018. 

    Além disso, o Cremesp pretende aumentar o número de escolas que prestaram os exames de Qualificação Médica 1 (QM1) e Qualificação Médica 2 (QM2) da Avaliação Periódica do Ensino Médico (APEM). Em 2017, também primeiro ano em que foi aplicada, 16 universidades participaram da prova.

     

    Fotos: Osmar Bustos 


    Este conteúdo teve 1646 acessos.


    CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    CNPJ: 63.106.843/0001-97

    Sede: Rua Frei Caneca, 1282
    Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

    Delegacia da Vila Mariana:
    Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
    Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

    CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
    (11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

    HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
    De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


    ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS

    CONTATOS

    Regionais do Cremesp:

    Conselhos de Medicina:


    © 2001-2018 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 274 usuários on-line - 1646
    Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior