Busca
Classificação de assuntos:

Pesquisa por palavra-chave:


Últimas Notícias
  • 20-08-2019
    Médicos estrangeiros
    Voto na Eleição CFM 2019 é obrigatório a todos os médicos atuantes no País
  • 19-08-2019
    Convênio
    Cremesp firma parceria com CreciSP para eliminar custo e agilizar avaliação de imóveis em desuso
  • 16-08-2019
    Serviços
    Cremesp recebe denúncias apenas se encaminhadas pessoalmente ou por correspondência
  • 13-08-2019
    Carta de intenções
    Cremesp e SBD-SP implementarão protocolo para fornecer informações seguras sobre procedimentos injetáveis
  • Notícias


    15-07-2019

    Revalida

    Cremesp pede apoio ao Itamaraty para averiguação de documentos de profissionais formados no exterior


    Fortalecer o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos (Revalida), analisar a situação dos médicos formados no exterior e discutir as contribuições das embaixadas brasileiras ao trabalho cartorial de análise e reconhecimento de documentação dos graduados em outros países. Esses foram alguns dos itens tratados durante a reunião realizada entre o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) e o Ministério das Relações Exteriores (MRE), no dia 11 de julho, no Itamaraty, em Brasília (DF). O diretor 1º secretário Angelo Vattimo e a diretora 1ª tesoureira Christina Hajaj Gonzalez representaram o Cremesp na audiência, que foi coordenada pela ministra Paula Alves de Souza, diretora do Departamento Cultural e Educacional do MRE.

    “Reportamos ao MRE a preocupação do Conselho com diversos problemas detectados em relação aos casos de médicos formados no exterior que concluíram todo o processo de revalidação de seus diplomas pelas instituições brasileiras credenciadas pelo Revalida. Entre os maiores entraves está a inconsistência na documentação apresentada por muitos deles. Documentos falsos, entre eles diplomas, são comumente entregues aos Conselhos. E nossa intenção é pedir apoio às embaixadas na averiguação desses documentos”, comentou Vattimo.  

    Na ocasião, os representantes do Itamaraty ratificaram a disposição em contribuir com o pleito apresentado pelo Cremesp. E confirmaram a regra diplomática em vigor que autoriza – no caso de ausência de comunicação das universidades estrangeiras – as embaixadas e consulados brasileiros a solicitarem informações diretamente à autoridade de ensino dos países com os quais o Brasil mantém relações.

    “De forma diligente, relatamos ao Ministério nosso plano de aprimorar ainda mais nossa função cartorial, que também é uma atividade fim das embaixadas, reafirmando nosso compromisso em manter um acurado processo de comprovação de informações e documentos junto às universidades estrangeiras”, completou Vattimo.

    As próximas audiências para tratar do fortalecimento do Revalida e temas correlatos ao exame acontecerão no Ministério da Saúde e no Ministério da Educação.

     


    Este conteúdo teve 1195 acessos.


    CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    CNPJ: 63.106.843/0001-97

    Sede: Rua Frei Caneca, 1282
    Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

    Delegacia da Vila Mariana:
    Rua Domingos de Moraes, 2187 - cj. 223 - Edifício Xangai
    Vila Mariana – São Paulo/SP - CEP 04035-000

    CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
    (11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 9h às 20h)

    HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
    De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h


    ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


    CONTATOS

    Regionais do Cremesp:

    Conselhos de Medicina:


    © 2001-2019 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 262 usuários on-line - 1195
    Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior