PESQUISA  
 
Nesta Edição
Todas as edições


CAPA

PÁGINA 1
Nesta edição


PÁGINAS 4 E 5
Cartas e notas


PÁGINAS 6,7,8,9,10 E 11
Entrevista


PÁGINAS 12 E 13
Crônica


PÁGINAS 14, 15, 16 E 17
Dossiê Acupuntura: uma breve história


PÁGINA 18
Dossiê acupuntura relato de caso


PÁGINAS 19,20,21,22,23
Dossiê acupuntura: panorama


PÁGINAS 24, 25, 26 E 27
Dossiê acupuntura em foco


PÁGINAS 28 E 29
Dossie Acupuntura: Vanguarda


PÁGINAS 30 E 31
Tecnologia


PÁGINAS 32 E 33
Medicina no mundo


Páginas 34 e 35
Opinião


páginas 36,37 e 38
Hobby


PÁGINAS 39,40,41 E 42
Gourmet


PÁGINAS 43,44,45 E 46
Agenda Cultural


PÁGINA 47
Resenha


PÁGINA 48
Fotopoesia


GALERIA DE FOTOS


Edição 88 - Julho/Agosto/Setembro de 2019

PÁGINAS 43,44,45 E 46

Agenda Cultural

AGENDA CULTURAL

VILNIUS E EU

Exposição sobre Vilnius, a cidade natal do pintor Lasar Segall, atual capital da República da Lituânia, comemora os 130 anos de nascimento do artista. A mostra faz uma justaposição de obras: os desenhos produzidos por Segall, na cidade, até 1920, e seu álbum de gravura Erinnerung an Wilna, de 1922. A exposição reúne obras da época que Segall se descobriu pintor, quando admirava o seu pai escrevendo com uma tinta preta de fabricação própria.

Museu Lasar Segall, Rua Berta , 111, São Paulo. De 26/10/19 a 03/02/2020 –
de quarta a segunda-feira, das 11h00 às 19h00. Entrada franca.

PROCURAR-SE PELA CIDADE

Com obras de Lenora de Barros, pertencentes ao Museu de Arte Moderna (MAM), a exposição inclui os autorretratos da artista, que se assemelham aos anúncios de pessoas desaparecidas fixados no transporte público. A peça mostra a procura da artista por si mesma. "Em meio à multidão, esquecemos de nós, sobretudo no fluxo diário do ir e vir", afirma o curador Felipe Chaimovich.

Estações Paulista, Luz e Higienópolis-Mackenzie, na Linha 4-Amarela; estações Santo Amaro, Largo Treze e Hospital São Paulo, da Linha 5-Lilás. Até 07/01/2020 – de segunda a sexta-feira, das 4h40 à 0h00, e, sábado, das 4h40 à 1h00. Entrada franca.

MULHERES ARTISTAS ATÉ 1900

É possível ver na mostra 98 peças de pintura e têxteis de artistas mulheres, de diferentes lugares – Américas, África, Ásia, Europa, Índia e antigo Império Otomano. Antigamente, em muitos deles, era comum que a produção de tecidos – que não é considerada arte – fosse atribuída às mulheres, enquanto a pintura de belas artes era uma atividade tipicamente masculina. Ao juntar as duas categorias, a exibição mostra a força do trabalho feminino.

Museu de Arte de São Paulo (Masp), Avenida Paulista, 1578, São Paulo. Até 17/11/2019 – terça-feira, das 10h às 20h; e de quarta a domingo, das 10h às 18h. Entrada franca às terças. Demais dias, R$ 40.

SINFÔNICA PAULISTA E O REGENTE HEINZ HOLLIGER

O famoso regente suíço Heinz Holliger estará de volta a São Paulo, em novembro, para conduzir a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp). Holliger estudou piano, oboé e composição, e já comandou a Orquestra Filarmônica de Berlim. O espetáculo contará com duas obras de famosos compositores: Op. 102,
de Johann Nepomuk Humme, e Sinfonia n° 9 em Dó Maior, de Franz Schubert.

Sala São Paulo, Praça Júlio Prestes, 16, Campos Elíseos, São Paulo. Dia 16/11/2019, sábado, às 16h30. Entre R$55,00 e R$230,00.

J. CARLOS: ORIGINAIS

Autor de uma das mais poderosas crônicas visuais do Brasil na primeira metade do século 20, José Carlos de Brito e Cunha (1884-1950), conhecido como J. Carlos, é o tema da mostra no Instituto Moreira Salles, em São Paulo. A exposição reúne cerca de 300 itens do artista, que deixou um imenso portfólio com mais de 50 mil obras, incluindo caricaturas, charges, cartuns, alfabetos tipográficos, vinhetas e publicidade.

IMS Paulista, Avenida Paulista, 2424, São Paulo. Até 26/01/2020 – de terça-feira a domingo e feriados (exceto segunda), das 10h às 20h; quinta (exceto feriados), das 10h às 22h. Entrada franca.

O TEMPO DAS COISAS

A mostra usa a teoria da autopoiese (do grego, auto, próprio e poiesis, criação), dos chilenos Francisco Varela (biólogo e filósofo) e Humberto Maturana (biólogo), como referência para abordar a lógica própria de cada ser. A exposição conta com nove trabalhos expostos, e outros nove em forma de oficinas, shows, debates e performances.

Itaú Cultural, Avenida Paulista, 149, São Paulo. Até 03/11/2019 – de terça a sexta-feira, das 9h às 20h (permanência no espaço até as 20h30); sábados, domingos e feriados, das 11h às 20h.

INVENÇÕES HÍBRIDAS

O elo entre artes visuais, eletrônica, ciência, música e tecnologia é explorado na obra do paulista Paulo Nenflídio. A exposição conta com 18 peças criadas pelo artista nos últimos 15 anos, que, além da estética, apresentam conteúdo de diversas fontes, como som, eletrônica, movimento, aleatoriedade, robótica, física, interação e novas tecnologias.

Caixa Cultural, Praça da Sé, 111, Centro, São Paulo, São Paulo. Até 03/11/2019 – de terça-feira a domingo, das 9h às 19h. Entrada franca.

A LINHA COMO DIREÇÃO

Por meio do elemento geométrico "linha", a mostra – que conta com 12 esculturas e relevos do acervo da Estação Pinacoteca –, convida o espectador a refletir sobre alguns dos questionamentos propostos por construtivistas russos, no início do século 20. O grupo entendia esse elemento geométrico, não como sua representação gráfica, mas como forma de pontuação das forças e dos ritmos escondidos nos objetos.

Estação Pinacoteca, Largo General Osório, 66, 2º andar, São Paulo. Até 03/02/2020 – de quarta à segunda-feira, das 10h às 17h30 – com permanência até às 18h. Entrada: R$ 10,00.

INTERIOR
 

RIBEIRÃO PRETO

DESABROCHAR DA PRIMAVERA

A mostra é inspirada no livro O que o sol faz com as flores, da autora indiana Rupi Kaur. O Coletivo Meio Fio mostra diversas espécies florais, entrelaçadas com fios e grades, nos portões do Sesc Ribeirão Preto.

Sesc Ribeirão Preto, Rua Tibiriçá, 50, Centro, Ribeirão Preto. Até 20/12/19 – de terça-feira a domingo, das 9h30 às 18h30. Entrada franca.

JUNDIAÍ

PARA RESPIRAR LIBERDADE

Em parceria com o Instituto Vladimir Herzog e apoio do Acervo Otávio Roth, o Sesc Jundiaí comemora os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, exibindo obras do artista plástico e ativista político Otávio Roth (1952-1993), internacionalmente reconhecido por sua atuação voltada ao tema da mostra. Dentre as obras, o público poderá ver a icônica representação gráfica dos 30 artigos da Declaração, produzidos em xilogravura de grandes dimensões, sobre papel artesanal confeccionado pelo próprio artista.

Sesc Jundiaí, Avenida Antônio Frederico Ozanan, 6600, Jardim Botânico, Jundiaí. Até 05/01/2020 – de terça a sexta-feira, das 9h às 21h30; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h30. Entrada franca.

CAMPOS DO JORDÃO

O NOVO SURPREENDENTE

A mostra apresenta retratos marcantes, em claro-escuro, de pequenos agricultores e donas de casa de uma pequena cidade mineira, de autoria do artista iniciante Clayton Araujo. Embora seja muito jovem, suas obras são consideradas maduras, ricas em técnica, fortes na expressão, e surpreendentes.

Museu Casa da Xilogravura, Avenida Eduardo Moreira da Cruz, 295, Jardim Jaguaribe, Campos do Jordão. Até 01/12/2019. Entrada franca.

ARARAQUARA

PAPÉIS EFÊMEROS

Composta por três núcleos temáticos – cultura, educação e consumo – , a exposição reúne papéis que, geralmente, são descartados, como rótulos, embalagens de balas, cadernos escolares e outros. Conta, também, a história dos impressos.

Sesc Araraquara, R. Castro Alves, 1315 - Quitandinha, Araraquara. Até 15/12/2020 – de terça a sexta-feira, das 13h às 21h30; aos sábados, domingos e feriados, das 9h30 às 18h. Entrada franca.

SÃO CARLOS

PORTA PARA O MUNDO

A exposição traça um panorama de artistas internacionais que foram decisivos na história da ilustração, premiados nos últimos 50 anos na Feira do Livro Infantil e Juvenil, de Bolonha, Itália. Traz também uma seleção de cinco artistas brasileiros tentando retratar a diversidade de estilos e de narrativas visuais que marcaram as principais tendências da ilustração brasileira contemporânea.

Sesc São Carlos, Avenida Comendador Alfredo Maffei, 700, Jardim Carlos, São Carlos. Até 08/12/19 – de terça a sexta-feira, das 13h30 às 21h30; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h. Entrada franca.

Colaborou: Arthur Codjaian Gutierres

Acesse a versão digital da Ser Médico na íntegra.


Este conteúdo teve 668 acessos.


CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ: 63.106.843/0001-97

Sede: Rua Frei Caneca, 1282
Consolação - São Paulo/SP - CEP 01307-002

CENTRAL DE ATENDIMENTO TELEFÔNICO
(11) 4349-9900 (de segunda a sexta feira, das 8h às 20h)

HORÁRIO DE EXPEDIENTE PARA PROTOCOLOS
De segunda a sexta-feira, das 8h às 20h


ESTACIONAMENTOS : NOVOS CONVÊNIOS


CONTATOS

Regionais do Cremesp:

Conselhos de Medicina:


© 2001-2020 cremesp.org.br Todos os direitos reservados. Código de conduta online. 166 usuários on-line - 668
Este site é melhor visualizado em Internet Explorer 8 ou superior, Firefox 40 ou superior e Chrome 46 ou superior